Referências bibliográficas

Autor:Keila Rodrigues Batista
Páginas:109-116
 
TRECHO GRÁTIS
referÊncias BiBliográficas
ADORNO, Theodor Wiesengrund. Notas marginais sobre teoria
e práxis. In: Palavras e sinais: modelos críticos. 2. ed. Petró-
polis: Vozes, 1995.
ALEXY, Robert. Teoria de los derechos fundamentales. Ma-
drid: Centro de Estudios Constitucionales, 1993.
ALMEIDA, Silmara Juny de Abreu Chinelato. Início da perso-
nalidade da pessoa natural no projeto do novo Código
Civil Brasileiro. Revista do Instituto dos Advogados de
São Paulo, Editora RT, São Paulo, Número especial de lan-
çamento.
ANGHER, Anne Joyce (Org.). Vade mecum: acadêmico de direi-
to. 4. ed. ver. e atual. São Paulo: Rideel, 2007.
ARDANT, Philippe. Manual de institutions politiques & droit
constitutionel. 4. ed. Paris: LGDJ, 1992.
ARRUDA, Marcos. CALDEIRA, Cesar. Como surgiram as consti-
tuições brasileiras. Rio de Janeiro: FASE (Federação de Ór-
gãos para Assistência Social e Educacional). Projeto Educa-
ção Popular para a Constituinte, 1986.
ASSIS, Olney Queiroz. O estoicismo e o direito. São Paulo: Lú-
men, 2002.
BACHELARD, Gaston. Epistemologia. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar
Editores, 1983.
BARACHO, José Alfredo de Oliveira. Teoria geral da cidadania:
a plenitude da cidadania e as garantias constitucionais e
processuais.
BARCELLOS, Ana Paula de. A eficácia jurídica dos princípios
constitucionais: o princípio da dignidade da pessoa huma-
na. Rio de Janeiro: Renovar, 2002.

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO