Percepção dos contadores públicos do Estado de Santa Catarina em relação às Normas Brasileiras de Contabilidade aplicadas ao setor público

Autor:Vania Regina Morás, Roberto Carlos Klann
Páginas:49-76
RESUMO

O objetivo do estudo é analisar a relação entre a percepção dos contadores públicos sobre as Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBC TSPs) e as características dos contadores e dos municípios do Estado de Santa Catarina. Para tanto, foi realizada uma pesquisa descritiva, de levantamento e quantitativa que compreendeu os 295 contadores públicos dos municípios do Estado... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2018v15n36p49
49
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 15, n. 36, p. 49-76,
jul./set. 2018
Percepção dos contadores públicos do Estado de Santa Catarina em relação
às Normas Brasileiras de Contabilidade aplicadas ao setor público
Santa Catarina’s public accountants’ perception about the Brazilian accounting standards
applied to the public sector
Percepción de los contadores públicos del Estado de Santa Catarina en relación con las
Normas Brasileñas de Contabilidad aplicadas al sector público
Vania Regina Morás
Doutoranda em Ciências Contábeis e Administração na
Universidade Regional de Blumenau (FURB)
Endereço: Rua Antônio da Veiga, n◦ 140, Bairro Itoupava Seca
PPGCC sala D-202 - Campus I, Universidade Regional de Blumenau
CEP: 89030-903 - Blumenau/SC - Brasil
E-mail: vaniar.moras@gmail.com
Telefone: (47) 3321-0565
Roberto Carlos Klann
Doutor em Ciências Contábeis e Administração na
Universidade Regional de Blumenau (FURB)
Professor e Coordenador no Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis na
Universidade Regional de Blumenau (FURB)
Endereço: Rua Antônio da Veiga, 140 Bairro Itoupava Seca
PPGCC sala D-202 Campus I, Universidade Regional de Blumenau
CEP: 89030-903 - Blumenau/SC - Brasil
E-mail: rklann@furb.br
Telefone: (47) 3321-0565
Artigo recebido em 31/12/2016. Revisado por pares em 29/06/2017. Reformulado em
15/04/2018. Recomendado para publicação em 15/10/2018 por Carlos Eduardo Facin Lavarda
(Editor-Chefe). Publicado em 19/12/2018.
Vania Regina Morás e Roberto Carlos Klann
50
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 15, n. 36, p. 49-76, jul./set. 2018
Resumo
O objetivo do estudo é analisar a relação entre a percepção dos contadores públicos sobre as Normas
Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público (NBC TSPs) e as características dos contadores
e dos municípios do Estado de Santa Catarina. Para tanto, foi realizada uma pesquisa descritiva, de
levantamento e quantitativa que compreendeu os 295 contadores públicos dos municípios do Estado de
Santa Catarina. A amostra foi obtida por meio da aplicação de questionário aos contadores públicos,
totalizando 46 respondentes. Na análise dos dados aplicou-se estatística descritiva, Correlação de
Spearman e ANACOR. Os resultados apontam que a maioria dos municípios investigados iniciou o
processo de adoção das NBC TSPs em 2014, sendo que o nível de escolaridade (GRAESC), a
responsabilidade pela escrita contábil (RESP) e o número de entidades sob responsabilidade do contador
(ESCRIT) apresentaram-se associadas com a percepção dos contadores públicos sobre as mudanças na
adoção das NBC TSPs, as quais podem facilitar bem como criar resistências ao processo de adoção das
novas normas.
Palavras-chave: Percepção dos contadores públicos; Setor público; Adoção às NBC TSPs
Abstract
The objective of the study is to analyze the relationship between the perception of certified public
accountants about Brazilian Accounting Standards Applied to the Public Sector (NBC TSPs) and the
characteristics of accountants and municipalities in the Santa Catarina State. To that end, a descriptive,
survey and quantitative research was carried out that comprised the 295 certified public accountants of
the municipalities in the Santa Catarina State. The sample was obtained through the application of a
questionnaire to public accountants, totaling 46 respondents. Descriptive statistics, Spearman’s
Correlation and Correspondence Analysis (ANACOR) were applied to analyze the data. The results
indicate that most of the municipalities investigated started the process of adopting the NBC TSPs in
2014, with the level of education (GRAESC), the responsibility for bookkeeping (RESP) and the number
of entities under the responsibility of the accountant (ESCRIT) associated with the perception of public
accountants about changes in the adoption of NBC TSPs, which may facilitate and create resistance to
the process of adopting new standards.
Keywords: Perception of certified public accountants; Public sector; Adoption of accounting standards
Resumen
El objetivo de este estudio fue analizar la relación entre la percepción de los contadores públicos sobre
las Normas Brasileñas de Contabilidad Aplicadas al Sector Público (NBC TSPs), las características de
los contadores y de los municipios del Estado de Santa Catarina. Para tal fin, fue realizada una
investigación cuantitativa y descriptiva, con levantamiento que compriendió los 295 contadores
públicos de los municipios del Estado de Santa Catarina. La muestra se obtuvo a través de un
cuestionario aplicado a contadores públicos, totalizando 46 encuestados. Para el análisis de datos fue
utilizada la estadística descriptiva, la Correlación de Spearman y el análisis de correspondencias
(ANACOR). Los resultados muestran que la mayoría de los municipios investigados comenzó el proceso
de adopción de las NBC TSPs en 2014, y que el nivel de educación (GRAESC), la responsabilidad por
llevar la escrita contable (RESP) y el número de entidades bajo responsabilidad del contador (ESCRIT)
se mostraron asociadas a la percepción de los contadores públicos sobre la adopción de las NBC TSPs,
las mismas que pueden facilitar, bien como crear resistencia al proceso de adopción de las nuevas
normas.
Palabras clave: Percepción de contadores públicos; Sector público; Adopción de normas de
contabilidad
1 Introdução
As entidades do setor público se caracterizam por promover o bem coletivo e
desenvolver ações para o bem-estar social, com recursos oriundos de pessoas físicas ou jurídicas
pertencentes a sua jurisdição ou derivados de transferências de outras esferas governamentais.
A partir deste pressuposto, as entidades governamentais devem prestar contas das ações
tomadas e desenvolvidas por meio dos recursos recebidos, de forma a promover a transparência

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO