A música e a tragédia: direito e justiça na antecipação dos riscos

Autor:Mônica Sette Lopes
Páginas:139-141
 
TRECHO GRÁTIS
A música e a tragédia:
direito e justiça na
antecipação dos riscos
No fundo da tragédia de Santa Maria, está a música.
Não a expressão da arte que é trilha sonora da alma. No fun-
do da tragédia, está o ódio à música (Cf. QUIGNARD, Pascal.
Ódio à música. Rio de Janeiro: Rocco, 1999). Está o som que
escapa pelas paredes e frestas por onde a fumaça e as pessoas
não escaparam.
A capa cinza, que exalou a nuvem tóxica e matou
centenas, foi feita às pressas para calar as reclamações insis-
tentes dos vizinhos que se incomodavam com as noites várias
sem dormir.
É o que disseram os jornais. E continuam dizendo
mesmo que tenham perdido as letras estampadas na maiúscula
da manchete.
Os fatos continuam no eco das vidas perdidas que
se transfundem em memória esgarçada no sucessivo dos mi-
nutos a levar os humanos à curiosidade por novas tragédias.
Eles transformaram-se no sedimento das histórias em que a

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO