Dedicatoria

Autor:Georgenor de Sousa Franco Filho
Páginas:5-5
 
TRECHO GRÁTIS
Um homem se humilha
Se castram seu sonho
Seu sonho é sua vida
E a vida é trabalho
E sem o seu trabalho
Um homem não tem honra
E sem a sua honra
Se morre, se mata
Não dá pra ser feliz
(versos de Guerreiro menino, de Fagner)
À memória de meus Pais,
Hermínia e Georgenor Franco,
a saudade é o relógio da memória.
Ao meu trio familiar,
Elza, Carolina e Georgenor Neto,
sempre.

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO