Uma visão crítico discursiva do relato de descendentes de imigrantes alemães em Teófilo Otoni/MG: construindo novas territorialidades

Autor:Cibele Maria Diniz Figueiredo Gazzinelli - Nádia Dolores Fernandes Biavati
Cargo:Mestre em Gestão Integrada de Território pela Universidade Vale do Rio Doce - Doutora em Linguística pela Universidade Federal de Minas Gerais
Páginas:74-94
RESUMO

Este artigo tem como objetivo analisar, a partir da visão discursivo-crítica um relato de descendente de imigrantes alemães em Teófilo Otoni, trazendo como destaque teórico metodológico o enquadre de Chouliaraki e Fairclough (1999), bem como as reflexões de Fairclough (2003;2009) cujas conjecturas privilegiam o modo como o discurso se insere na vida social. Analisar o relato a partir desse... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n2p74
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não
Adaptada.
UMA VISÃO CRÍTICO DISCURSIVA DO RELATO DE DESCENDENTES DE
IMIGRANTES ALEMÃES EM TEÓFILO OTONI/MG: CONSTRUINDO NOVAS
TERRITORIALIDADES
Cibele Maria Diniz Figueiredo Gazzinelli
1
Nádia Dolores Fernandes Biavati
2
Resumo:
Este artigo tem como objetivo analisar, a partir da visão discursivo-crítica um relato
de descendente de imigrantes alemães em Teófilo Otoni, trazendo como destaque
teórico metodológico o enquadre de Chouliaraki e Fairclough (1999), bem como as
reflexões de Fairclough (2003;2009) cujas conjecturas privilegiam o modo como o
discurso se insere na vida social. Analisar o relato a partir desse enquadre teórico-
metodológico demanda a remissão a todo contexto sócio histórico na medida em
que a linguagem enquanto prática social implica um momento social no qual outros
se representam e representam suas ações trazendo (re) significações. Assim,
apresenta-se a imigração alemã no Brasil, no Vale do Mucuri e de modo especial em
Teófilo Otoni- MG. Em seguida, uma discussão acerca das relações sociais que
envolvem a desterritorialização de imigrantes e a construção de novas
territorialidades. Por fim, apresenta-se a análise de discurso crítica, seguindo para
tanto os significados propostos por Fairclough (2003). No significado acional,
focalizou-se o gênero relato e a categoria intertextualidade, quando se identificou as
vozes articuladas no discurso; no significado representacional, a categoria
interdiscursividade, quando se pôde perceber os discursos de cooperação e/ou
competição. No significado identificacional, destacou-se a modalidade, bem como a
avaliação, quando se pôde perceber as representações de identidades legitimadoras
e de resistência. Além disso, identificaram-se traços que conferem à língua, ao
trabalho e sobretudo, à religião, valores mantidos pelos descendentes de imigrantes
de alemães.
Palavras-chave: Linguagem. Discurso. Imigração. Desterritorialização.
Territorialidade.
1 INTRODUÇÃO
O presente artigo tem como objetivo apresentar uma discussão teórica que
focaliza a Análise de Discurso Crítica como instrumento teórico metodológico para o
estudo de relatos de descendente de imigrantes alemães em Teófilo Otoni,
1
Mestre em Gestão Integrada de Território pela Universidade Vale do Rio Doce. Professora de Língua
Portuguesa e Produção de textos acadêmicos. Coordenadora do Núcleo de Investigação Científica do
Instituto de Ensino Superior Integrado, Teófilo Otoni, MG, Brasil. E-mail: cibeledfg@yahoo.com.br
2
Doutora em Linguística pela Universidade Federal de Minas Gerais. Profe ssora da Universidade
Federal de São João del Rei no programa de Mestrado em Letras, São João del Rei, MG, Brasil. E-
mail: nadiabiavati@yahoo.com.br
75
R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, v.12, n.2, p.74-94, Jul-Dez. 2015
(Fairclough,2001;2003;2006;2012), buscando assim não apenas as características
linguísticas presentes em relato de um descendente em estudo de caso, mas
também as relações sociais e econômicas envolvidas nesse processo. Nessa
direção, considera-se o discurso como uma prática social, construção linguística
repleta de significações, interpeladas por ideologias, valores e práticas.
Tomando como referência o modelo analítico de Chouliaraki & Fairclough
(1999) e Fairclough (2001), a análise parte de uma questão social e das implicações
que contribuem para o estabelecimento dessa questão. A discussão que ora se
apresenta é parte da temática discutida em dissertação
3
, considerando os dizeres e
o modo como discursivamente apresenta-se e representa-se a imigração alemã para
o Brasil. Neste artigo, a análise é feita a partir dos dizeres de uma descendente,
personagem significativo que discute, de modo específico, as condições de
migração para Teófilo Otoni- MG, de outro modo, como esse processo era
compreendido, representado, vivido pelos seus ancestrais diretos, como avós e pais.
Vale destacar o processo do dizer como uma circunstância que redesenha a
trajetória dos sujeitos, trazendo à tona esse processo de representar como eles se
adaptam às situações diversas e adversas no território de destino, num dado
momento sócio histórico. Nesse sentido, chamam atenção os sentidos construídos a
partir de todo o contexto social e político desse processo, desde a chegada dos
imigrantes em Teófilo Otoni até as implicações sociais, econômicos e políticos desse
processo, ou seja, a contextualização desse meio social representa as conjecturas
(Chouliaraki & Fairclough,1999), ou, as práticas nas quais o problema está inserido.
Dessa forma, na primeira seção, busca-se contextualizar a imigração alemã
no Brasil, destacando aspectos característicos da política imigratória brasileira, bem
como as peculiaridades das colônias alemãs no país. Em seguida, apresentam-se
aspectos históricos da imigração alemã no Vale do Mucuri, e de modo específico, no
território de Teófilo Otoni, quando se inicia uma discussão prévia entre os aspectos
históricos apresentados nos livros de historiadores regionais e alguns sentidos
construídos por meio dos relatos da descendente dos imigrantes alemães no local.
Na segunda parte, discute-se a desterritorialização do imigrante alemão por um
olhar cultural e a construção de novas territorialidades, tendo em vista a concepção
3
Discursos sobre imigração: Relatos de descendentes alemães no território de Teófilo Otoni-MG.

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO