Uma experiência de supervisão na área psicossocial: desafios teórico-práticos

Autor:Vicente de Paula Faleiros
Cargo:Doutorado em Sociologia pela Universite de Montreal
Páginas:258-267
RESUMO

Este artigo trata da relação de supervisão de profissionais do setor psicossocial no âmbito da Justiça. Dois paradigmas são referenciados para análise da questão da atuação psicossocial: o da disputa e o do conflito, a partir dos quais focalizou-se a relação teoria/ prática no processo de supervisão como autoformação e troca de saberes na perspectiva da correlação de forças. Com esse referencial... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
258
Uma experiência de supervisão na área psicossocial:
desafios teórico-práticos
Vicente de Paula Faleiros
Universidade Católica de Brasília
Uma experiência de supervisão na área psicossocial: desafios teórico-práticos
Resumo: Este artigo trata da relação de supervisão de profissionais do setor psicossocial no âmbito da Justiça. Dois paradigmas são
referenciados para análise da questão da atuação psicossocial: o da disputa e o do conflito, a partir dos quais focalizou-se a relação teoria/
prática no processo de supervisão como autoformação e troca de saberes na perspectiva da correlação de forças. Com esse referencial
foi efetuada e analisada a supervisão do setor psicossocial na Central Judicial do Idoso1, evidenciando contradições na defesa de direitos,
na judicialização dos conflitos sociais e a falibilidade das políticas públicas relativas à pessoa idosa, bem como a carga simbólica de
onipotência/impotência do trabalho social no Judiciário.
Palavras-chave: supervisão, psicossocial, judiciário, idosos.
An Experience of Supervision in the Psycho-social Field: Theoretical and Practical Challenges
Abstract: This article looks at the relationship of the supervision of professionals in the psycho-social sector in the realm of the courts.
Two paradigms are used for the analysis of the issues of psycho-social action: that of dispute and conflict, based on which the
relationship between theory and practice is analyzed in the process of supervision as a self-education and exchange of knowledge from
the perspective of the co-relation of forces. With this reference, supervision of the psycho-social sector in the Judicial Center for the
Elderly was analyzed, revealing contradictions in the defense of rights, legal resolutions of social conflict and the inadequacy of public
policies related to the elderly, as well as the symbolic weight of the omnipotence and impotence of social work in the Judiciary system.
Key words: supervision, psycho-social, judiciary, the elderly.
Recebido em 08.04.2009. Aprovado em 31.07.2009.
RELATO DE EXPERIËNCIA
Rev. Katál. Florianópolis v. 12 n. 2 p. 258-267 jul./dez. 2009

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO