Testemunhas e sobreviventes, a (re) invenção de identidades. Viuvez, gênero e o estado de exceção na America Latina

Autor:Lidia M. V. Possas
Cargo:Livre Docente em História, Relações de Gênero e Feminismos na America Latina
Páginas:61-75
RESUMO

Analisar a viuvez no contexto histórico e traumático tempo das ditaduras militares latino americanas dos anos 70- 80, no Brasil e Argentina, diante da erupção do estado de exceção prolongado, onde foi possível observar as relações de gênero fazendo emergir novos significados nas performances constantes dos sujeitos envolvidos. Os relatos coletados evidenciam diferentes perspectivas de construção... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
Periódico do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Gênero e Direito
Centro de Ciências Jurídicas - Universidade Federal da Paraíba
Nº 01 - Ano 2015
ISSN | 2179-7137 | http://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ged/index
61
DOI: 10.18351/2179-7137/ged.2015n1p61-75
Seção: Contextualizando Gênero
TESTEMUNHAS E SOBREVIVENTES, A (RE) INVENÇÃO DE
IDENTIDADES. VIUVEZ, GÊNERO E O ESTADO DE EXCEÇÃO NA
AMERICA LATINA.
Lidia M. V. Possas
1
Resumo: Analisar a viuvez no contexto
histórico e traumático tempo das ditaduras
militares latino americanas dos anos 70-
80, no Brasil e Argentina, diante da
erupção do estado de exceção prolongado,
onde foi possível observar as relações de
gênero fazendo emergir novos
significados nas performances constantes
dos sujeitos envolvidos. Os relatos
coletados evidenciam diferentes
perspectivas de construção de si quando se
expressaram e reconstruíram suas
identidades vivenciadas em um ambiente
político tensionado pelas ideologias em
confronto no cotidiano, nas lutas de
resistências e, nas formas de
sobrevivência na fase de democratização.
Palavras Chaves: Sobreviventes,
Testemunhos, Viuvez, Gênero, Estado de
Exceção.
Resumen: El presente texto analiza la
viudez en el contexto histórico y en tiempo
traumático de las dictaduras
militares latinoamericanas de los años 70-
80, en el Brasil y Argentina, debido a la
erupción de estado de excepción, donde
fue posible observar las relaciones de
género haciendo de aparecer los nuevos
1
Livre Docente em História, Relações de Gênero e Feminismos na America Latina, junto ao Departamento
de Ciências Políticas e Econômicas e Coordª.do Laboratório Interdisciplinar de Estudos de Gênero/LIEG -
/UNESP, campus de Marília, SP BRASIL. lidia.possas@uol.com.br
significados en constantes
performances de los sujetos envueltos.
Los relatos demuestran perspectivas
diferentes de la construcción del si
cuando fueran expresados y reconstruidos
en sus identidades vividas en una
atmósfera política tensionada pos las
ideologías en la confrontación cotidiana,
en las luchas de resistencias y, en las
formas de supervivencia en la fase de
democratización.
Palabras Clave: Supervivientes,
Testemunhos, Viudez, Género, Estado de
excepción.
Introdução
A condição de testemunhos de
sobreviventes como fonte documental foi
alvo de uma consistente e vasta apreciação
após a Segunda Grande Guerra (1939-
1945), sendo essencial na busca da
verdade e da justiça, uma vez que muitas
das provas documentais escritas foram

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO