Questões e desafios para a governança da Internet nas Américas

Autor:Vinton G. Cerf
Páginas:13-16
 
TRECHO GRÁTIS
7
Prefácio: Questões e desafios da governança da Internet nas Américas
PREFÁCIO
Questões e desafios da governança da Internet
nas Américas
Vinton G. Cerf
Tenho a honra de escrever este prólogo para um livro cuja temá-
tica é importante, oportuna e descreve os desafios apresentados
pela Internet hoje. Os temas principais do livro abrangem um setor
amplo, o que é relevante no momento de considerar como a Inter-
net será governada. Historicamente, o sistema tem evoluído de
forma colaborativa e global, e é razoável supor que esta narrativa
continuará sendo sua característica.
A Internet está composta por redes operadas independente-
mente por diferentes atores que mantêm uma variedade de
modelos comerciais. Não existem regras estritas para a inter-
conexão, exceto as decisões bilaterais dos operadores de
interconectar-se em termos e condições mutuamente aceitá-
veis. Em algumas jurisdições existem preocupações sobre as
competências adequadas, em particular entre os provedores de
acesso à Internet de banda larga, o que provoca debates sobre
a neutralidade da provisão de acesso1. Exige-se que os prove-
dores não interfiram nas escolhas do consumidor nem com o
rendimento do sistema para favorecer a um ou outro fornecedor
de aplicações.
As seções deste livro refletem as preocupações atuais comparti-
lhadas por aqueles que fazem parte da comunidade de Internet:
o acesso inclusivo, a proteção de dados pessoais, a segurança no
uso de serviços online, e os efeitos das tecnologias disruptivas que
possam pôr um fim aos modelos comerciais anteriores. Cada um
destes temas apresenta importantes questões de governança rele-
vantes não somente para as Américas, mas também para o resto
do mundo onde a Internet é acessível e especialmente onde ainda
não está disponível.
1 Veja <https://www.networkneutrality.info>.

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO