Prefácio

Autor:Dr. Helio Theresino da Silva
Páginas:11-12
 
TRECHO GRÁTIS
prefácio
Sensibilizou-me profundamente o convite da professora
Keila para prefaciar seu livro, fruto da dissertação de mes-
trado.
Faço-o com desvanecimento. A leitura de sua obra foi de
aproveitamento intelectual, pois, produziu com segurança, ob-
jetividade, clareza e correta base científica a matéria que esco-
lheu como tema de seu livro.
O processo, como ensina Carnelutti, é instrumento de pa-
cificação para a solução de conflitos; existirá sempre na socie-
dade o vírus da discórdia, da desinteligência, dos interesses
controvertidos, e o meio civilizado de pacificá-los é o processo,
como meio de acesso à Justiça; e no Estado Democrático de
Direito esse objetivo é fundamental, primacial.
E como a ilustre professora descreve com inteligência apu-
rada no seu livro, o acesso à Justiça é essencial para a efetivação
dos direitos. Colocamos em destaque as ponderações que faz
sobre o Princípio da Tempestividade da Tutela Jurisdicional, ino-
vação da Emenda Constitucional nº 45, de 08.12.2004, previsto
no inciso LXXVIII do artigo 5º da Constituição Federal; tema que
tem sido a grande motivação dos operadores do direito.
A Justiça, como comenta o eminente Dr. Nelson Hanada,
“não pode ser tão rápida, a ponto de comprometer a sua cer-
teza, dentro da possível incerteza humana, mas não pode ser
demorada, tão demorada, que comprometa até mesmo o con-
ceito de Justiça, deixando de ser útil aos jurisdicionados, pela
sua extemporaneidade”.
A nobre professora destacou a importância do processo,
como meio efetivo de efetividade da jurisdição; não omitiu,

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO