Prefácio

Autor:Carlos Eduardo de Abreu Boucault
Páginas:19-21
 
TRECHO GRÁTIS
19
PREfáCIO
Carlos Eduardo de Abreu Boucault
Da incumbência que o sentimento de anidades vivenciadas
substancialmente na fantasia acadêmica resulta este intróito explicati-
vo de um projeto de pesquisa inovador em sua contemporaneidade te-
mática e promissor na expectativa axiológica da consolidação de suas
premissas teóricas.
De novo, honrado pelo convite de presidir esses textos cujo ob-
jeto de investigação cientíca encerra uma tratativa que , até então,
perdurava tangenciada pela ausência de quaisquer subsídios, retribuo
a delicadeza da lembrança pelo modo como entendo que deve ser a
gestão acadêmica e suas relações com os princípios de uma pedagogia
libertadora, criativa,ousada, culta, espontânea e autêntica. E todas vocês
foram artíces de uma criação que idealizei, meus baluartes na esperan-
ça socrática de uma política educacional igualitária e verdadeira.
A obra intitulada “A Defensoria Pública no Estado de São Paulo:
por um acesso democrático à justiça” compreende o delineamento ana-
lítico de matizes conceituais, históricos, empíricos da expressão contra-
ditória do modelo político-institucional de uma dentre outras fragmen-
tadas democracias sul-americanas, agudizada pelo universo político de
resistências corporativas tanto nas esferas públicas como privadas, em
detrimento dos direitos fundamentais legitimados por princípios na cús-
pide do Texto maior do ordenamento jurídico brasileiro em vigor.

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO