Evolução histórica da pesquisa em Marketing Internacional no Brasil

Autor:Franciani Fernandes Galvão - Pedro José Steiner Neto
Cargo:Professora no Curso de Administração da Universidade Estadual do Centro-Oeste-Guarapuava-PR, Brasil - Professor associado da Universidade Federal do Paraná-Curitiba-PR, Brasil
Páginas:124-140
RESUMO

Este artigo tem como objetivo identificar e descrever o estágio em que se encontra a produção científica a respeito do Marketing Internacional no Brasil. Por meio de meta-análise qualitativa, foram verificadas 70 pesquisas publicadas, sendo 42 artigos de periódicos e eventos nacionais da área de administração e 28 teses e dissertações desenvolvidas em Instituições de Ensino Superior brasileiras... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
Artigo recebido em: 15/12/2011
Aceito em: 16/07/2012
Esta obra está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso.
EVOLUÇÃO HISTÓRICA DA PESQUISA EM MARKETING
INTERNACIONAL NO BRASIL
Evolution of International Marketing Research in Brazil
Franciani Fernandes Galvão
Professora no Curso de Administração da Universidade Estadual do Centro-Oeste – Guarapuava – PR, Brasil.
E-mail: comexfran@hotmail.com
Pedro José Steiner Neto
Professor associado da Universidade Federal do Paraná – Curitiba – PR, Brasil.
E-mail: pedrosteiner@ufpr.br
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n35p124
Resumo
Este artigo tem como objetivo identificar e descrever
o estágio em que se encontra a produção científica
a respeito do Marketing Internacional no Brasil. Por
meio de meta-análise qualitativa, foram verificadas 70
pesquisas publicadas, sendo 42 artigos de periódicos
e eventos nacionais da área de administração e 28
teses e dissertações desenvolvidas em Instituições de
Ensino Superior brasileiras com cursos de mestrado
e de doutorado com conceito Capes de 4 até 7
da área de Administração. A pesquisa descritiva
foi desenvolvida pela aplicação de meta-análise
qualitativa de perspectiva longitudinal com corte
transversal, levantando dez variáveis que foram
analisadas individualmente, ordenadas por artigo, tese
e dissertação, partindo-se para a análise de períodos
estabelecidos pela segmentação de 14 anos de estudos
(1997-2010). As conclusões levaram ao entendimento
de que as pesquisas científicas na área de Marketing
Internacional ainda são poucas, porém, apresentam
crescimento.
Palavras-chave: Marketing Internacional. Estágios
de Marketing Internacional. Meta-Análise Qualitativa.
Produção Científica Brasileira.
ABSTRACT
This research aims to identify and describe the scientific
production stage about the International Marketing in
Brazil. Through qualitative meta-analysis 70 published
studies were found, 42 articles of national journals
and events in the area of administration, as well as
28 Theses and Dissertations developed in Brazilian
higher education institutions with master’s and doctoral
CAPES concept 4 until 7 in the Administration area. A
descriptive research was developed by the application of
qualitative meta-analysis with longitudinal perspective,
10 variables were analyzed individually ordained as
Article, Thesis and Dissertation, and broke for the
analysis of periods set by targeting the 14-year study
(1997 -2010). The conclusions led to the understanding
that scientific research in the area of International
Marketing are still few, however, show growth.
Key word: International Marketing. Stages of
International Marketing. Qualitative Meta-Analysis.
Scientific Brazilian Production.
125
Tgxkuvc"fg"Ek‒pekcu"fc"Cfokpkuvtc›«q"̋"x0"37."p0"57."r0"346/362."cdt0"4235
Evolução Histórica da Pesquisa em Marketing Internacional no Brasil
1 INTRODUÇÃO
Nos séculos passados, o comércio era conduzido
internacionalmente, mas nunca antes havia tido o
impacto amplo e simultâneo que tem hoje sobre as
nações, empresas e indivíduos. O crescimento eco-
nômico tem sido excepcional, pois o crescimento dos
negócios globais superou o crescimento das economias
domésticas nos últimos anos. Desse modo, “[...] mui-
tos países consideram vantajoso ter uma participação
importante no mercado internacional [...]”, expõem
Czinkota e Ronkainen (2003, p. 5).
Como prática gerencial, o Marketing Internacional
existiu por séculos, mas, como um distinto campo de
estudo, ganhou aceitação a partir da década de 1960
nos EUA (BARTELS, 1988; CAVUSGIL; DELIGONUL;
YAPRAK, 2005), e desde então, o contexto da inter-
nacionalização do marketing tem sido alvo crescente
de estudos e pesquisas no exterior.
Já no Brasil, o ensino da disciplina de Marketing
se iniciou na década de 1950 (RICHERS, 1994; VIEI-
RA, 2003), e apenas na década de 1990, foi que o
direcionamento específico do Marketing Internacional
ocorreu, respondendo ao que Farias (2004, p. 3) relata
quanto ao desenvolvimento do saber científico dessa
área no Brasil, para ele, “[...] não se tem conhecimento
de autores nacionais da área do marketing que possam
ser considerados ícones do marketing internacional”.
No entanto, na medida em que cresce a adoção do
conceito pelas empresas brasileiras, deverá crescer
o negócio de estudos em marketing internacional, e
inclusive, a sua “[...] adoção só deverá ocorrer quando
o ambiente econômico e político se tornar mais estável
e propício”. (MATTAR, 2006, p. 200)
Este estudo visa, sobretudo, a investigar as pes-
quisas na área de Marketing Internacional publicadas
no Brasil, seu processo evolutivo, suas correntes
investigativas e direcionamentos estratégicos. Com
o uso da meta-análise qualitativa, visa-se a captar as
características dos estudos para só então generalizar
seu resultado, traçando, assim, um panorama temporal
dos direcionamentos da pesquisa nacional, segundo
a trajetória das preocupações, métodos e relevância
teórica estabelecidos no objetivo principal.
2 REVISÃO DA LITERATURA
Com vistas a explanar ao leitor o contexto do
Marketing Internacional, será apresentado na revisão
de literatura um referencial generalizado a respeito
do tema pesquisado, trazendo conceitos e direciona-
mentos específicos de pesquisa apontados por alguns
autores da área, bem como, serão esclarecidos os
estágios de marketing internacional e suas distinções.
2.1 Marketing Internacional
Mesmo que alguns autores estabeleçam o Marke-
ting Internacional como Marketing Global atualmente,
nem todos apoiam este senso (GILLESPIE; JEANNET;
HENNESSEY, 2007). Dessa maneira, é importante a
compreensão do escopo dos diferentes direcionamen-
tos internacionais para o marketing, como especifica-
mente o Marketing Internacional.
De maneira simplificada, quanto ao conceito de
Marketing Internacional, salienta-se a acepção conce-
bida por Dibb et al. (2001) e Terpstra (1987), em que
estabelecem como a simples referência às atividades
de marketing realizadas além das fronteiras de um país,
deixando de se contemplar o sentido mais profundo e
específico do MI. O que, para García-Sordo (2000, p.
19), fica bem claro, para ele, “O marketing Internacio-
nal retoma os princípios básicos do marketing, e ainda
é um marco como referência conceitual e filosófica, e
representa um conjunto de atividades e processos”.
Doole e Lowe (2004) descrevem o MI em dois
níveis. No primeiro, o termo é apresentado em sentido
mais simples, que envolve a empresa tomar uma ou
mais decisões de mix de marketing através das fron-
teiras nacionais. No segundo, nível de maior comple-
xidade, o Marketing Internacional envolve a empresa
estabelecer instalações de produção no exterior e
coordenar as estratégias de marketing em todo o globo.
Ambos não se furtam em estabelecer a adequação dos
processos de marketing ao mercado internacional, no
sentido global do processo.
Um dos distintos disseminadores dos conceitos
de inserção internacional, Keegan (2002) estabelece
o aspecto diferencial do Marketing Internacional ao
afirmar que ele vai além do marketing de exportação,

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO