O que o mercado não mata: uma análise da moralidade especista e a economia

Autor:Wesley Felipe de Oliveira - Alessandro Pinzani
Cargo:Doutorando na área de Ética e Filosofia Política pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil - Doutor em Filosofia pela Universität Tübingen
Páginas:1-15
RESUMO

Neste trabalho analisamos a relação entre a moral e a economia a partir da discussão suscitada por Michael Sandel acerca dos limites morais do mercado. Sandel investiga de que maneira os valores morais estão sendo cada vez mais inseridos dentro da lógica do mercado econômico pautada pelo lucro. Mais precisamente, investigamos de que maneira a moralidade especista, que fundamenta a exclusão dos... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2015v12n1p1
Esta obra foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 3.0 Não
Adaptada.
O QUE O MERCADO NÃO MATA: UMA ANÁLISE DA MORALIDADE ESPECISTA
E A ECONOMIA
Wesley Felipe de Oliveira
1
Alessandro Pinzani
2
Resumo:
Neste trabalho analisamos a relação entre a moral e a economia a partir da
discussão suscitada por Michael Sandel acerca dos limites morais do mercado.
Sandel investiga de que maneira os valores morais estão sendo cada vez mais
inseridos dentro da lógica do mercado econômico pautada pelo lucro. Mais
precisamente, investigamos de que maneira a moralidade especista, que
fundamenta a exclusão dos animais do âmbito da comunidade moral humana, está
vinculada à lógica de mercado, inserindo e mantendo os animais não humanos
dentro de um sistema que busca lucro monetário por meio da exploração e
comercialização deles. Defendemos que, embora a economia tenha uma influência
significativa para determinar certas práticas morais, o oposto também acontece, isto
é, a moralidade também pode exercer uma influência sobre o mercado e ditar os
seus limites sobre aquilo que pode ou não pode ser colocado dentro da lógica do
lucro econômico. A superação da moralidade especista a partir de propostas éticas
que visam incluir seres sencientes na esfera de ação moral dos seres humanos,
levando, portanto, seus interesses em consideração, é capaz, portanto, de levar a
uma desvinculação dos animais da lógica de mercado.
Palavras-chave: Economia. Especismo. Moralidade. Senciência.
1 INTRODUÇÃO
O objetivo do presente artigo é analisar as práticas econômicas ligadas à
lucrativa exploração e morte de animais não-humanos. Utilizaremos as reflexões do
filósofo Michael Sandel acerca dos limites morais do mercado, aplicando-as à
análise das mercadorias cuja matéria prima se caracteriza pelo desmembramento
dos corpos dos animais, transformados assim em produtos comercializáveis:
pedaços de carnes, couro, peles, artigos decorativos; mas consideraremos também
1
Doutorando na área de Ética e Filosofia Política pelo Programa de Pós-Graduação em Filosofia da
Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil. E-mail:
wesley.filosofia@hotmail.com
2
Doutor em Filosofia pela Universität Tübingen. Professor de Ética e Filosofia Política do
Departamento de Filosofia e do Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal
de Santa Catarina, Florianópolis, SC, Brasil. E-mail: Alessandro@cfh.ufsc.br

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO