Glass ceiling em cargos de board e seu impacto no desempenho organizacional

Autor:Cristian Bau Dal Magro, Andréia Dani Carpes, Danielle Vergini, Marcia Zanievicz Silva
Páginas:158-180
RESUMO

A pesquisa buscou identificar a incidência de glass ceiling nos cargos de board e seu impacto no desempenho organizacional das companhias brasileiras de capital aberto. Para sua operacionalização, adotou-se uma abordagem quantitativa, analisando-se 61 empresas com alto volume de negociação (IBrX 100) na Bolsa de Valores do Brasil. Constatou-se que os investidores institucionais não criam... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2018v15n34p158
158
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 15, n. 34, p. 158-
180, jan./mar. 2018
Glass ceiling em cargos de board e seu impacto no desempenho
organizacional
Glass ceiling in board charges and its impact on organizational performance
Glass ceiling en cargos de board y su impacto en el desempeño organizacional
Cristian Baú Dal Magro
Doutorando em Ciências Contábeis e Administração FURB
Mestre em Ciências Contábeis FURB
Professor do curso de Ciências Contábeis pela Unochapecó
Endereço: Av. Coronel Ernesto Francisco Bertaso, 954, Sala 01, Centro,
CEP: 89.850-000 Quilombo/SC, Brasil.
E-mail: cristianbaumagro@gmail.com
Telefone: (49) 3346-3060
Andréia Carpes Dani
Doutoranda em Ciências Contábeis e Administração FURB
Mestre em Ciências Contábeis FURB
Bolsista Capes
Rua Antônio da Veiga, 140 - Itoupava Seca,
CEP: 89012-900 Blumenau/SC, Brasil
E-mail: andreiacarpesdani@gmail.com
Telefone: (47) 3321-0200
Danielle Paná Vergini
Mestre em Ciências Contábeis FURB
Endereço: Rua Antônio da Veiga, 140 - Itoupava Seca,
CEP: 89012-900 Blumenau/SC, Brasil
E-mail: danielle_vergini@hotmail.com
Telefone: (47) 3321-0200
Marcia Zanievicz Silva
Doutora em Ciências Contábeis e Administração - FURB
Professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis - FURB
Endereço: Rua Antônio da Veiga, 140 - Itoupava Seca,
CEP: 89012-900 Blumenau/SC, Brasil
E-mail: marciaza@gmail.com
Telefone: (47) 3321-0200
Artigo recebido em 05/04/2016. Revisado por pares em 19/10/2017. Reformulado em
17/11/2017. Recomendado para publicação em 08/03/2018 por Carlos Eduardo Facin Lavarda
(Editor-Chefe). Publicado em 28/03/2018.
Cristian Bau Dal Magro, Andréia Dani Carpes, Danielle Vergini, Marcia Zanievicz Silva
159
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 15, n. 34, p. 158-180, jan./mar. 2018
Resumo
A pesquisa buscou identificar a incidência de glass ceiling nos cargos de board e seu impacto
no desempenho organizacional das companhias brasileiras de capital aberto. Para sua
operacionalização, adotou-se uma abordagem quantitativa, analisando-se 61 empresas com alto
volume de negociação (IBrX 100) na Bolsa de Valores do Brasil. Constatou-se que os
investidores institucionais não criam barreiras à valorização das empresas que promovem
igualdade de gênero nos cargos de board, ou seja, que possuem mulheres que atuam em cargos
de diretoria, conselho de administração e presidência. Conclui-se que, quando o glass ceiling
não incide nos cargos de diretoria e no conselho de administração, as empresas alcançam
melhor desempenho financeiro e econômico, quando comparadas com aquelas que não
possuem mulheres em tais cargos. A exemplo disso, verificou-se que a proporção de mulheres
no conselho de administração influencia no retorno sobre o patrimônio líquido, e a proporção
de mulheres na diretoria influencia no valor de mercado das organizações.
Palavras-Chave: Glass ceiling; Conselhos corporativos; Cargos de board; Desempenho
organizacional
Abstract
The research sought to identify the incidence of glass ceiling in board positions and its impact
on the organizational performance of Brazilian publicly traded companies. For its operation,
a quantitative approach was adopted, analyzing 61 companies with high volume of trading
(IBrX 100) on the Brazilian Stock Exchange. It was found that institutional investors do not
create barriers to the valuation of the companies that promote gender equality in board
positions, ie, that have women working in executive positions, advice and chair. We conclude
that, when not imposed glass ceiling in management positions and the board of directors, the
companies analyzed have better financial and economic performance, when compared to those
that do not have women in such positions. As an example, it was found that the proportion of
women on the board influences the return on equity, and the proportion of women in
management influence on the market value.
Keywords: Glass ceiling; Corporate boards; Board positions; Organizational performance
Resumen
La investigación buscó identificar la incidencia de glass ceiling en los cargos de board y su
impacto en el desempeño organizacional de las compañías brasileñas de capital abierto. Para
su operacionalización, se adoptó un abordaje cuantitativo, analizando 61 empresas con alto
volumen de negociación (IBrX 100) en la Bolsa de Valores de Brasil. Se constató que los
inversores institucionales no crean barreras a la valorización de las empresas que promueven
igualdad de género en los cargos de junta, es decir, que poseen mujeres que actúan en cargos
de dirección, consejo de administración y presidencia. Se concluye que cuando el cristal de
techo no se centra en los cargos de dirección y en el consejo de administración, las empresas
alcanzan un mejor desempeño financiero y económico, cuando se comparan con aquellas que
no poseen mujeres en tales cargos. A tal efecto, se verificó que la proporción de mujeres en el
consejo de administración influye en el retorno sobre el patrimonio neto, y la proporción de
mujeres en la dirección influye en el valor de mercado de las organizaciones.
Palabras clave: Glass ceiling; Consejos corporativos; Cargos de junta; Desempeño
organizacional

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO