Evidências das forças causais críticas dos processos de institucionalização e desinstitucionalização em artefatos da contabilidade gerencial

Autor:Paschoal Tadeu Russo - Claudio Parisi - Carlos Alberto Pereira
Cargo:Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo - Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo - Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo
Páginas:3-33
RESUMO

O objetivo da pesquisa foi conhecer as forças causais críticas para os processos de institucionalização e desinstitucionalização que agem sobre os artefatos da contabilidade gerencial em uma concessionária brasileira de serviços públicos que atua em território brasileiro. Trata-se de uma pesquisa qualitativa através da investigação por meio de entrevista semiestruturada realizada em uma empresa... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2016v13n30p3
3
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v.13, n. 30, p. 03-33,
set./dez. 2016
Evidências das forças causais críticas dos processos de institucionalização e
desinstitucionalização em artefatos da contabilidade gerencial
The critical casual force disclosures of the institutionalization and deinstitutionalization
processes in managerial accounting artefacts
Evidencia de la fuerzas causales críticas de los procesos de institucionalización y
desinstitucionalización en artefactos de la contabilidad de gestión
Paschoal Tadeu Russo
Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo
Professor do Mestrado Profissional em Controladoria e Finanças da FIPECAFI
Endereço: Rua Maestro Cardim, n 1170 - Bela Vista
CEP: 01.323-001 São Paulo/SP Brasil
E-mail: ptrusso@terra.com.br
Telefone: + 55 (11) 2184-2000
Claudio Parisi
Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo
Professor do Mestrado em Ciências Contábeis da FECAP
Endereço: Avenida da Liberdade, n 532 - Liberdade
CEP: 01.502-001 São Paulo/SP Brasil
E-mail: claudio.parisi@uol.com.br
Telefone: + 55 (11) 3272-2301
Carlos Alberto Pereira
Doutor em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo
Professor do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da Universidade
de São Paulo
Endereço: Avenida Professor Luciano Gualberto, n 908 - Butantã
CEP: 05.508-010 São Paulo/SP Brasil
E-mail: cap@usp.br
Telefone: + 55 (11) 3091-5820
Artigo recebido em 15/10/2015. Revisado por pares em 01/06/2016. Reformulado em
15/08/2016. Recomendado para publicação em 30/08/2016 por Sandra Rolim Ensslin (Editora
Científica). Publicado em 17/12/2016.
Paschoal Tadeu Russo, Claudio Parisi, Carlos Alberto Pereira
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 13, n. 30, p. 03-33, set./dez. 2016
4
Resumo
O objetivo da pesquisa foi conhecer as forças causais críticas para os processos de
institucionalização e desinstitucionalização que agem sobre os artefatos da contabilidade
gerencial em uma concessionária brasileira de serviços públicos que atua em território
brasileiro. Trata-se de uma pesquisa qualitativa através da investigação por meio de entrevista
semiestruturada realizada em uma empresa de água e esgoto, a respeito de uma prática de
planejamento que no estudo foi denominada “Processo de Gestão Integrado” (PGI). Foram
aplicadas as técnicas de análise de conteúdo e análise do discurso. A pesquisa permitiu a
constatação de que o PGI se encontrava em um processo de desinstitucionalização devido à
perda do patrocínio da alta administração para o seu uso como prática de planejamento da
organização, além do surgimento de um novo artefato que foi posicionado como concorrente
do PGI. Foi possível conhecer um conjunto de 24 (vinte e quatro) elementos correlatos da
Teoria Institucional, os quais atuam como forças causais do processo de institucionalização e
desinstitucionalização do PGI.
Palavras-chave: Contabilidade Gerencial; Teoria Institucional; Forças Causais Críticas
Abstract
The research objective was to get to know the causal forces that are critical to the
institutionalization and deinstitutionalization processes that act on the managerial accounting
artifacts in Brazilian public service dealerships that operate in Brazil. It is a qualitative
research led by semi-structured interviews in a water and sewage company over a planning
practice that was denominated in the Integrated Management Process (PGI) study. It was
applied content analysis and speech analysis techniques. I was also possible to identify that
the PGI was in a deinstitutionalization process due to the sponsorship loss of the top
management for its use and the coming up of a new artifact that was positioned as a
competitor of PGI. It was possible to know a set of twenty-four elements correlated to
Institutional Theory that act as the institutionalization and deinstitutionalization causal force
processes of PGI.
Keywords: Managerial Accounting, Institutional Theory, Critical Causal Forces
Resumen
El objetivo de la investigación fue comprender las fuerzas causales que son críticas para los
procesos de institucionalización y desinstitucionalización que actúan sobre los artefactos de
la contabilidad de gestión, en un concesionario brasileño de servicios públicos que opera
localmente. Se trata de una investigación cualitativa mediante la realización de entrevistas
semi-estructuradas en una compañía de agua y alcantarillado, acerca de una práctica de
planificación que se denomina en el estudio Proceso de Gestión Integrado (P GI). Se
aplicaron las técnicas de análisis de contenido y análisis del discurso. Fue posible identificar
que el PGI se encontraba en un proceso de desinstitucionalización debido a la pérdida de
apoyo por parte de la alta dirección y el surgimiento de un nuevo dispositivo que se ha
considerado un competidor del PGI. Fue posible revelar un conjunto de veinticuatro
elementos relacionados a la Teoría Institucional que actúan como fuerzas causales del
proceso de institucionalización y desinstitucionalización del PGI.
Palabras clave: Contabilidad de Gestión; Teoría Institucional; Fuerzas Causales Críticas

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO