Em um mundo de incertezas: um survey sobre controle interno em uma perspectiva pública e privada

Autor:Rossana Guerra de Sousa - Saulo Diógenes Azevedo Santos Souto - Antônio Moreira Nicolau
Cargo:Professora do Departamento de Finanças e Contabilidade da Universidade Federal da Paraíba - Mestre em Controladoria pela Programa de Pós-Graduação em Controladoria. Universidade Federal Rural de Pernambuco - Mestre em Controladoria pela Programa de Pós-Graduação em Controladoria. Universidade Federal Rural de Pernambuco
Páginas:155-176
RESUMO

Sob a perspectiva da uniformização entre a teoria e a prática quanto à gestão do controle interno nos segmentos público e privado, tendo a estrutura do COSO ICIF 2013 como base, este estudo tem como objetivo identificar como as organizações têm implementado o conceito, as dimensões centrais do controle interno e quais os desafios envolvidos neste processo. A partir da percepção dos atores... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2017v14n31p155
155
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v.14, n. 31, p. 155-176,
jan./abr. 2017
Em um mundo de incertezas: um survey sobre controle interno em uma
perspectiva pública e privada
In a world of uncertainty: a survey on internal control in a public and private perspective
En un mundo de incertidumbre: un estudio sobre el control interno en una perspectiva
pública y privada
Rossana Guerra de Sousa
Doutora em Ciências Contábeis pelo Programa Multi-institucional e Inter-Regional de
Pós-Graduação em Ciências Contábeis (UnB/UFPB/UFRN).
Professora do Departamento de Finanças e Contabilidade da Universidade Federal da Paraíba
Endereço: Departamento de Finanças e Contabilidade, Campus Universitário I, Jardim Cidade
Universitária.
CEP: 58.059-900 - João Pessoa/PB Brasil
E-mail: rossanagsousa@ccsa.ufpb.br
Telefone (83) 3216-7285
Saulo Diógenes Azevedo Santos Souto
Mestre em Controladoria pela Programa de Pós-Graduação em Controladoria (UFRPE)
Universidade Federal Rural de Pernambuco.
Endereço: Rua D. Manoel de Medeiros s/n, Bairro de Dois Irmãos
CEP 52.171-900 Recife/PE - Brasil
E-mail: saulodiogenes@gmail.com
Fone: (81) 3320-5403
Antonio Moreira Nicolau
Mestre em Controladoria pela Programa de Pós-Graduação em Controladoria (UFRPE)
Universidade Federal Rural de Pernambuco.
Endereço: Rua D. Manoel de Medeiros s/n, Bairro de Dois Irmãos
CEP 52.171-900 Recife/PE - Brasil
E-mail: kennedynicolau@hotmail.com
Fone: (81) 3320-5403
Artigo recebido em 10/03/2016. Revisado por pares em 29/08/2016. Reformulado em
12/01/2017. Recomendado para publicação em 16/03/2017 por Carlos Eduardo Facin Lavarda
(Editor-Chefe). Publicado em 30/04/2017.
Rossana Guerra de Sousa, Saulo Diógenes Azevedo Santos Souto e Antonio Moreira Nicolau
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 14, n. 31, p. 155-176, jan./abr. 2017
156
Resumo
Sob a perspectiva da uniformização entre a teoria e a prática quanto à gestão do controle interno
nos segmentos público e privado, tendo a estrutura do COSO ICIF 2013 como base, este estudo
tem como objetivo identificar como as organizações têm implementado o conceito, as
dimensões centrais do controle interno e quais os desafios envolvidos neste processo. A partir
da percepção dos atores organizacionais, que avaliam estas questões no seu contexto
institucional, foi conduzido um survey com uso da escala de medição de Likert. Os dados foram
analisados em conjunto e, em sequência, descritiva e comparativamente entre os segmentos
público e privado com teste Mann-Whitney. Os resultados apontam que, nos dois segmentos, o
conceito de controle é majoritariamente identificado com sua forma funcional, o que pode
impactar na eficácia da gestão do sistema de controle, especialmente quanto à definição da
responsabilização sobre as ações de controle na entidade. Os respondentes, públicos e privados,
convergem na percepção da relativa implementação das dimensões de controle relacionadas ao
ambiente de controle e sistemas de informação e comunicação, tendo como principais desafios
visualizados a institucionalização da gestão de riscos, atividades de controle e, com destaque,
do monitoramento. Os achados refletem a dificuldade da absorção e institucionalização de
conceitos e das dimensões centrais estruturadas para a gestão dos controles nas organizações
públicas e privadas. Este cenário pode conduzir à ineficiência do sistema de controle,
implementado ou idealizado, gerando custos sem a contraprestação da obtenção dos benefícios
relacionados ao alcance dos objetivos organizacionais. A atuação na divulgação e
profissionalização do segmento de gestão de controles pode se constituir em uma das poucas
alternativas viáveis para contornar este cenário, desde que unida, de modo indissociável, à
decisão dos gestores públicos e privados neste caminho.
Palavras-chaves: Controle interno; COSO ICIF; Controles gerenciais
Abstract
From the perspective of the uniformity between theory and practice regarding the management
of internal control in the public and private segments, with the structure of COSO ICIF 2013
as basis, this study aims to identify how organizations have implemented the concept, the
central dimensions of internal control and what challenges are involved in this process. From
the perception of the organizational actors, who evaluate these issues in their institutional
context, a survey was conducted using the Likert measurement scale. The data were analyzed
descriptively and comparatively between the public and private segments with Mann-Whitney
test. The results indicate that, in both segments, the concept of control is mostly identified with
its functional form, which may impact on the effectiveness of the control system management,
especially regarding the definition of accountability on control actions in the entity. Public and
private respondents converge on the perception of the relative implementation of control
dimensions related to the control environment and information and communication systems.
The main challenges are the institutionalization of risk management, control activities and
monitoring. The findings reflect the difficulty of absorbing and institutionalizing concepts and
central dimensions structured for the management of controls in public and private
organizations. This scenario can lead to inefficiency of the control system, implemented or
idealized, generating costs without the consideration of obtaining the benefits related to the
achievement of the organizational objectives. The performance in the disclosure and
professionalization of the control management segment can be one of the few feasible
alternatives to circumvent this scenario, since it is inseparably linked to the decision of public
and private managers on this path.
Keywords: Internal control; COSO ICIF; Management controls

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO