A Comunicação e o Profissional de Direito

Autor:Joseval Peixoto/JB Oliveira/Gleibe Pretti
Ocupação do Autor:Advogado e Jornalista. Apresentador do Jornal da manhã da Jovem Pan. Ex-âncora do Jornal do SBT/Advogado e Jornalista. Presidente do instituto JB Oliveira. Professor/Advogado e Jornalista. Mestre pela UNG. Doutorando pela USCS. Autor de diversas obras. Professor
Páginas:138-143
 
TRECHO GRÁTIS
138
Joseval Peixoto, JB Oliveira e Gleibe Pretti
8
A Comunicação e o
Prossional de Direito
Quando, há alguns anos, iniciei minha conferência no salão nobre da Faculdade de
Direito da Universidade de São Paulo, no I Congresso do Jovem Advogado da OAB São
Paulo, indaguei:
— Qual a importância da Comunicação para o advogado?
Disse, a seguir: esta pergunta enseja outras, como: Qual a importância do bisturi para
o cirurgião; do pincel para o pintor; do maço e cinzel para o escultor? Todas essas perguntas
admitem uma só resposta: importância máxima, porque se trata de seus instrumentos de
trabalho! Da mesma forma, a Comunicação tem para o advogado importância suprema,
pois é a ferramenta de que ele se vale para exercer sua atividade prossional, uma das mais
belas do mundo!
Professor de Oratória e advogado há longos anos, pareceu-me conveniente dar — neste
livro dos amigos e colegas Gleibe Pretti e Joseval Peixoto — algumas dicas para os que têm
menos vivência nessa seara.
É absolutamente necessário começar destacando que a primeira e mais impor-
tante dica é ter consciência de que a FALA é a marca distintiva do ser humano.
Isso porque, entre todas as criaturas do universo, somente o ser humano fala!
A essa altura, é possível que alguém tenha pensado: “o papagaio fala!”
O papagaio, realmente, fala?
Não!
Ele apenas repete mecânica e inconsequentemente aquilo que ouviu, sem guardar
nenhum compromisso com o nexo e com a racionalidade.
Falar é muito mais do que isso.
Falar é traduzir ideias, emoções, pensamentos, ideais e sentimentos em formas
sonoras moduladas e articuladas, formando expressões verbais coerentes, lógicas,
inteligentes e inteligíveis.
6159.3 - Direito Penal do Trabalho.indd 138 21/12/2018 17:12:52

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO