As contradições do capitalismo no século XXI e sua metamorfose pela democracia e justiça

Autor:Sérgio Ricardo Fernandes de Aquino, Neuro José Zambam
Páginas:107-140
RESUMO

As conquistas da humanidade contrastam com as desigualdades entre os povos e na organização social. O acúmulo da riqueza é contrário às situações como o analfabetismo, a violência e a pobreza. Esse artigo tem como objetivo denunciar as contradições do Capitalismo, especialmente a “coisificação” das pessoas e a incapacidade de garantir o equilíbrio social e ambiental, a fim de transformá-lo... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
107
DOI: 10.5433/2178-8189.2016v20n2p107
* Doutor e Mestre em Ciência
Jurídica pela Universidade
do Vale do Itajaí (UNIVALI).
Professor Permanente do
Programa de Pós-graduação
Stricto Sensu em Direito do
Complexo de Ensino Su-
perior Meridional (IMED).
Professor do Curso de Direito
da Faculdade Meridional
(IMED). Coordenador do
Grupo de Pesquisa: “Ética,
Cidadania e Sustentabili-
dade”. Membro do Grupo de
Pesquisa: “Modernidade,
Pós-Modernidade e Pensa-
mento Complexo”, “Mul-
ticulturalismo e Pluralismo
Jurídico” e “Transnacionalis-
mo e Circulação de Modelos
Jurídicos”. Líder Adjunto do
Centro de Pesquisa sobre a
Teoria da Justiça em Amartya
Sen. E-mail: sergiorfaquino@
gmail.com.
** Pós-doutor em Filosoa na
Universidade do Vale do Rio
dos Sinos (UNISINOS). Dou-
tor em Filosoa pela Pontifí-
cia Universidade Católica do
Rio Grande do Sul (PUC-RS).
Professor do Programa de
Pós-graduação Stricto Sensu
em Direito do Complexo de
Ensino Superior Meridional
(IMED). Professor do Curso
AS CONTRADIÇÕES DO CAPITALISMO
NO SÉCULO XXI E SUA METAMORFOSE
PELA DEMOCRACIA E JUSTIÇA
THE CONTRADICTIONS OF CAPITALISM
IN THE 21ST CENTURY AND ITS
TRANSFORMATION BY DEMOCRACY
AND JUSTICE
Sérgio Ricardo Fernandes de Aquino*
Neuro José Zambam**
Como citar: AQUINO, Sérgio Ricardo
Fernandes de; ZAMBAM, Neuro José. As
contradições do capitalismo no século XXI e
sua metamorfose pela democracia e justiça.
Scientia Iuris, Londrina, v. 20, n. 2, p.107-140,
jul. 2016. DOI: 10.5433/2178-8189.2016v20n
2p108. ISSN: 2178-8189.
RESUMO: As conquistas da humanidade
contrastam com as desigualdades entre os
povos e na organização social. O acúmulo
da riqueza é contrário às situações como
o analfabetismo, a violência e a pobreza.
Esse artigo tem como objetivo denunciar as
contradições do Capitalismo, especialmente
a “coisicação” das pessoas e a incapacidade
de garantir o equilíbrio social e ambiental, a
m de transformá-lo conforme as exigências
da Democracia e Justiça. Insiste-se sobre a
necessidade de metamorfose do Capitalismo,
de novos arranjos institucionais orientados,
SCIENTIA IURIS, Londrina, v.20, n.2, p.107-140, jul.2016 | DOI: 10.5433/2178-8189.2016v20n2p107
108

principalmente, pelos Direitos Humanos
para que se consolide a humanização das
relações econômicas como expressão de
convivência global para este século.
Palavras-chave: Capitalismo; justiça;
democracia; economia; moral.
ABSTRACT: Humanity´s achievements
contrasts the growing inequalities between
the populace and social structures.
Wealth accumulation is indifferent to
situations such as illiteracy, violence, and
poverty. This paper aims to denounce
the epistemology of Capitalism and its
pitfalls; how it can objectify humans;
and its inability to ensure a social and
environmental balance to change and
full its requirements by Democracy and
Justice. The transformation of Capitalism,
new institutional arrangements geared,
mainly, by Human Rights to reinforce the
humanization of economic relations as
global coexistence for this century.
Keywords: Capitalism; justice; democracy;
economy; moral.
De certa maneira, estamos,
neste inicio de Século XXI,
na mesma situação que os
observadores do século
XIX: somos testemunhas
SCIENTIA IURIS, Londrina, v.20, n.2, p.107-140, jul.2016 | DOI: 10.5433/2178-8189.2016v20n2p107
de Direito e Especialização da
Faculdade Meridional (IMED).
Membro do Grupo de Trabalho,
Ética e Cidadania da ANPOF (As-
sociação Nacional dos Programas
de Pós-Graduação em Filosoa).
Líder do Centro de Pesquisa sobre
a Teoria da Justiça em Amartya
Sen. Coordenador do Grupo de
Pesquisa: “Multiculturalismo,
Minorias, Espaço Público e Sus-
tentabilidade”. Líder do Grupo
de Pesquisa: “Multiculturalismo
e Pluralismo Jurídico”. E-mail:
nzambam@imed.edu.br.
109
de transformações
impressionantes, e é muito
difícil saber até onde elas
podem ir e qual rumo
a distribuição da riqueza
tomará nas próximas décadas,
tanto em escala internacional
quanto dentro de cada país
(PIKETTY, 2014, p. 23).
SCIENTIA IURIS, Londrina, v.20, n.2, p.107-140, jul.2016 | DOI: 10.5433/2178-8189.2016v20n2p107
AS CONTRADIÇÕES DO CAPITALISMO NO SÉCULO XXI E SUA METAMORFOSE PELA DEMOCRACIA E
JUSTIÇA

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO