Apresentação da Autora

Autor:Keila Rodrigues Batista
Páginas:9-10
 
TRECHO GRÁTIS
apresentação Da autora
Este livro apresenta estudos sobre o acesso à Justiça, a ce-
leridade processual e alguns instrumentos viabilizadores como
a arbitragem, a justiça restaurativa na área penal, os Juizados
Especiais, o Balcão de Direitos, a Justiça Itinerante e a Justiça
Comunitária, notadamente nos lugares em que o Estado, por
meio do Poder Judiciário, alcança os cidadãos com dificuldades.
Um trabalho fruto da dissertação de Mestrado e que evidencia
as categorias presentes na linha de pesquisa do Programa de
Pós-Graduação em Direito do UNIVEM, qual seja, “A Construção
do Saber Jurídico”. O acesso à Justiça, precisamente no Brasil,
mostra-se moroso, obstruindo, quase sempre, a segurança jurí-
dica, um dos elementos caracterizados do Estado Democrático
de Direito, situação que pode desestimular a busca da tutela
jurisdicional e inibir aquele que poderia valer-se da respectiva
tutela jurisdicional. Neste sentido, duas questões são coloca-
das: será que teve acesso à Justiça a parte que ajuizou uma
ação e morreu antes da decisão final? O Poder Judiciário está
obtendo sucesso na tutela jurisdicional? Um propósito da obra
está em buscar respostas a estas questões. Em geral, diante do
amplo volume de processos cada vez mais crescente, admitin-
do resíduos da morosidade como prejuízos financeiros e até
psicológicos para as partes, contribuindo de tal modo para o
retardamento da prestação jurisdicional, mostra uma face da
Justiça que de alguma forma pode-se considerar como uma in-
sensibilidade com a dignidade da pessoa humana, tornando-se
comum encontrar cidadãos que, devido à má gerência jurisdi-
cional, desacreditam na efetivação de seus direitos. Enfim, o li-
vro analisa o fato de que existem nos segmentos da sociedade,

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO