Análise das características e similaridades presentes na produção científica dos congressos ANPCONT 2007-2014

Autor:José Paulo Cosenza - Melisa Maia de Paula - Luis da Costa Laurencel - Patrycia Scvello Barreto
Cargo:Doutor em Contabilidade e Finanças pela Universidade de Zaragoza - Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro - Doutor em Engenharia de Produção pela Coppe/UFRJ - Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Páginas:19-56
RESUMO

Este artigo investigou o direcionamento da pesquisa contábil nos congressos da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (ANPCONT), no período de 2007 a 2014. O objetivo é identificar as influências do diálogo científico presentes nos trabalhos desenvolvidos nas áreas de Controladoria e Contabilidade Gerencial e Contabilidade para Usuários Externos, de modo a... (ver resumo completo)

 
TRECHO GRÁTIS
DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8069.2016v13n28p19
19
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 13, n. 28, p. 19-
56,
jan./abr. 2016
Análise das características e similaridades presentes na produção científica
dos congressos ANPCONT 2007-2014
Analysis of features and similarities presented on accounting research from 2007 to 2014
ANPCONT conferences
Análisis de las características y de las similitudes presentes en la investigación científica de
los congresos ANPCONT 2007-2014
José Paulo Cosenza
Doutor em Contabilidade e Finanças pela Universidade de Zaragoza
Professor do Mestrado em Administração da Universidade Federal Fluminense (PPGAd-UFF)
Endereço: Rua Mário Santos Braga, n 30 - 7º andar - sala 710 - Campus do Valonguinho
CEP: 24020-140 Niterói/ RJ Brasil
E-mail: jpcosenza@.id.uff.br
Telefone: +55 (21) 2629-9874
Melisa Maia de Paula
Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Endereço: Pça. Duque de Caxias, n 25 Centro
CEP: 20221-260 - Rio de Janeiro/RJ - Brasil
E-mail: melisamaia@yahoo.com
Telefone: +55 (21) 2519-5482
Luiz da Costa Laurencel
Doutor em Engenharia de Produção pela Coppe/UFRJ
Professor do Mestrado em Ciências Contábeis da Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Endereço: Rua São Francisco Xavier, n 524, 9° andar, Bloco E Maracanã
CEP: 20550-900 - Rio de Janeiro/RJ - Brasil
E-mail: getlcl@vm.uff.br
Telefone: +55 (21) 2334-0662
Patrycia Scavello Barreto
Mestre em Ciências Contábeis pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Professora da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Endereço: Rodovia BR 465, km 7 Instituto de Ciências Sociais Aplicadas Bairro UFRRJ
CEP: 23.897-000 Seropédica - Rio de Janeiro/RJ - Brasil
E-mail: patryciascavello@gmail.com
Telefone: +55 (21) 2682-7703
Artigo recebido em 29/03/2015. Revisado por pares em 26/02/2016. Reformulado em
20/03/2016. Recomendado para publicação em 22/04/2016 por Sandra Rolim Ensslin (Editora
Científica). Publicado em 14/06/2016.
José Paulo Cosenza, Melisa Maia de Paula, Luiz da Costa Laurencel e Patrycia Scavello Barreto
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 13, n. 28, p. 19-56, jan./abr
. 2016
20
Resumo
Este ar tigo investigou o direcionamento da pesquisa contábil nos congressos da Associação Nacional
de Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (ANPCONT), no período de 2007 a 2014. O
objetivo é identificar as influências do diálogo científico presentes nos trabalhos desenvolvidos nas
áreas de Controladoria e Contabilida de Ger encial e Contabilida de para Usuários Externos, de modo a
proporcionar uma reflexão qua nto ao modelo de p esquisa contá bil adot ado na produção científica dos
referidos congressos. Para inferir as características e similaridades presentes, utilizou-se a técnica de
Escalonamento Multidimensi onal. As evidências empírica s apontam que os congressos da ANPCONT
tendem a reproduzir conhecimento vigente, propagando pesquisas que reforçam a abordagem contábil
predominante, o que pode representar um projeto pedagógico de ensino-aprendizagem que dissemina
um modelo homogêneo de pensamento contábil ancorado no emprego de princípios, métodos e
técnicas qu e preserva m o status quo, e replica o que já está dado como paradigma de pesquisa.
Palavras-chave: Pesquisa contábil. Diálogo científic o. Abor dagem p ositiva.
Abstract
This paper investigates how Brazil’s accounting research was approached in the Conferences of the
Brazilian Association of Graduate Programs in Accounting (ANPCONT in Portuguese acronym), from
2007 to 2014. It aims to identify the influences of scientific dialogue present in the work developed in
the area s of Control a nd Management Accou nting a nd Acc ounting for External Users, in order t o
provide a reflection on the accounting research model followed in the scientific production of those
conferences. To infer the characteristics and similarities fou nd in the scient ific production of t hose
events, this study uses the Multidimensional Scaling technique. The findings show that ANPCONT
Conferences tend to reproduce mainstream knowledge. This may represent a pedagogical project of
teaching and learning that disseminates a homogeneous model of accounting thinking. These
assumptions will preserve the status quo and replicate what is already taken for granted as a research
paradigm.
Keywords: Accounting research. Scientific dialogue. Positive approach.
Resumen
Este artículo analiza la dirección dada a la investigación contable en los congresos de la Asociación
Nacional de Programas de Postgrado en Contabilidad (ANPCONT), en el período desde 2007 hasta
2014. El objetivo es identificar las influencias de diálogo científico presentes en los trabajos
desarr ollados en las áreas de Controladuría y C ontabilida d de Gestión y Contabilidad para Usuarios
Externos, buscando provocar una reflexión acerca del modelo de investigación contable aplicado en la
producción científica de dichos congresos. Para inferir las características y las similitudes presentes, se
aplicó la técnica de Escala miento Multidimensional (EMD). Las evidencias empíricas muestran que
los congresos ANPCONT se amoldan a reproducir el conocimiento en vigor, propagando
investigaciones que corroboran el enfoque contable dominante. Eso puede representar un proyecto de
enseñanza que disemina un modelo homogéneo de pensamiento contable anclado en fundamentos que
refrenda n el estado quo y reproducen lo que ya está consolida do como paradigma de investigación.
Palabras clave: Investigación contable. Diálogo científico. Enfoque positivo.
Análise das características e similaridades presentes na produção científica dos congressos ANPCONT ...
21
ISSN 2175-8069, UFSC, Florianópolis, v. 13, n. 28, p. 19-58, jan./abr
. 2016
1 Introdução
Como assinalam Waiczyk e Ensslin (2015, p. 109), “as produções científicas são os
meios para tornar público pesquisas e descobertas relevantes, transmitindo para a comunidade
científica e a sociedade o conhecimento gerado. Na área contábil, conforme Wanderley e
Cullen (2011, p. 16), é possível caracterizar as perspectivas de pesquisa pela sua diversidade
paradigmática, que pode incluir investigações sob a abordagem normativa, positiva,
interpretativa ou crítica.
Embora seja difícil delimitar um ponto de partida para a pesquisa contábil, as origens
parecem estar associadas à abordagem normativa, seguida logo depois pela abordagem
positiva. Nessa evolução histórica houve crescente domínio de pesquisas, cujo paradigma de
investigação tem se amparado na corrente positiva da Contabilidade (GAFFIKIN, 2005a,
2005b, 2005c). A escola de pensamento positivo da Contabilidade aborda a questão contábil
sob uma forma sistemática que segue uma lógica rigorosa de correspondência empírica, co m
ausência de juízos de valor sobre os acontecimentos contábeis (ver CHAMBERS, 1966;
GOLDEBERG, 1971; WATTS; ZIMMERMAN, 1986; NABOR, 1996). Para Laughlin
(1987), o domínio da visão positiva na Contabilidade dificulta um avanço do processo
contábil para uma compreensão mais subjetiva da realidade e do conhecimento na teoria
contábil e, conforme Cuadrado Hebrero e Valmayor López (1998), implica numa
concepção da Contabilidade como uma ciência pura em lugar de ciência social aplicada.
Nas últimas décadas, em contraposição, nota-se um crescimento de estudos contábeis
empregando alternativas de pesquisa diferentes da perspectiva do mainstream, onde novos
pesquisadores tentam incorporar diferentes abordagens de pesquisa, adotando métodos e
modelos de interpretação epistemológica emprestados de doutrinas aplicadas nas teorias
sociais (GAFFIKIN, 2006), tais como os conceitos e fundamentos formulados a partir das
doutrinas de Marx, Foucault, Habermas, Latour, Bourdieu, dentre outros (ver CHUA, 1986a e
1986b; LAUGHLIN, 1987; MILLER; O'LEARY, 1987; TINKER; NEIMARK, 1987).
Segundo Davis (2008), o surgimento de interpretações teóricas alternativas tem
ocorrido por causa da percepção de lacunas nas pesquisas contábeis seguindo a corrente
dominante, que tradicionalmente tem aderido a uma ontologia e epistemologia positivista,
aplicando predominantemente procedimentos de pesquisa quantitativos como metodologia
preferida. De acordo com Ryan, Scapens e Theobald (2004, p.15), a pesquisa é um processo
intelectual que tem o potencial de transformar o nosso conhecimento e a nossa compreensão
do mundo que nos rodeia. Dessa forma, a pesquisa contábil tem necessariamente que refletir
o esforço intelectual dos contadores para transformar o mundo contábil. No entanto, se
soment e uma perspectiva filosófica mantiver a supremacia na geração do conhecimento na área da
Contabilid ade, acabará prevalecendo uma visão de mundo contábil única, baseada no
monopólio no desenvolvimento de metodologias e, consequentemente, haverá predomínio de
uma perspectiva de análise singular, estruturada em uma mesma linguagem epistemológica
contábil.
Apesar de existir, no Brasil, espaço para o desenvolvimento de linhas alternativas de
pesquisa contábil, observa-se claramente uma escassez de estudos retratando plataformas
epistemológicas diferentes do discurso metodológico positivista da Contabilidade. A causa
disso, embora não formalmente manifestada, poderia ser atribuída ao fato de o modelo

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO