Agradecimentos

Autor:Jadir Cirqueira De Souza
Ocupação do Autor:Maestría en Derecho Público de la Universidad de Franca - SP , especialista en Procedimiento Civil de la Universidad Federal de Uberlândia - MG y Licenciado en Derecho por la Universidad Gama Filho , Rio de Janeiro
Páginas:7-8
 
TRECHO GRÁTIS

Page 7

Aos colegas do Ministério Público e da Magistratura mineira, demais amigos, professores, alunos e ex-alunos que com críticas e sugestões me estimularam na realização de mais um trabalho acadêmico.

Sinceramente, espero que todos me perdoem pelas críticas e considerações, às vezes rudes, duras, porém, sempre sinceras, pois como exercemos as funções do Ministério Público perante a justiça da infância e da juventude, naturalmente, algumas vezes, sai o pesquisador científico e entra em campo o ativista na defesa dos direitos fundamentais das crianças e dos adolescentes.

Sou eternamente grato à MMª Juíza, Dra. Édila Moreira Manosso e sua prestigiada equipe de trabalho lotada na vara da infância e juventude da comarca de Uberlândia-MG, que souberam compreender as mudanças paradigmáticas das novas leis e, ainda que em insuficientes condições de trabalho, desenvolvem suas atividades com afinco e presteza.

Ao Promotor de Justiça, Dr. Epaminondas da Costa, sendo os agradecimentos extensivos ao Alex, Lara, Victor, Janaína, Olívia e Bruna, todos excelentes colegas, amigos e auxiliares das promotorias de justiça da infância e da juventude que não mediram esforços na defesa dos novos direitos.

À Editora Pillares que prestigiou e publicou a edição de mais uma obra. O presente trabalho é dedicado aos pais pobres, humildes e abandonados à própria sorte, que resolvem entregar seus filhos para adoção

Page 8

ou aqueles que sofrem com o acolhimento por prazo indeterminado e, muitas vezes, claramente revitimizados pelo eterno acolhimento institucional.

Registro meu profundo respeito e admiração às crianças e adolescentes que, a despeito das adversidades crescem, estudam e tornam-se pessoas dignas, mesmo vivendo em ambientes com regras e parâmetros coletivizados, que desconsideram a individualidade dos seres humanos em sua plenitude.

Minha admiração maior é com as crianças em tenra idade que cedo ingressam nas instituições e lá permanecem por anos e...

Para continuar a ler

PEÇA SUA AVALIAÇÃO