Seqüência: estudos jurídicos e políticos

Editora:
Universidade Federal de Santa Catarina
Data de publicação:
2010-07-20
ISBN:
2177-7055

Descrição:

A Revista Seqüência - Estudos Jurídicos e Políticos, do Curso de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina UFSC, publica artigos, relatos de pesquisas, resenhas de livros, comunicações em congressos -inéditos-, de autoria de docentes e pesquisadores vinculados aos cursos de pós-graduação em Direito, envolvendo estudos avançados e de perspectiva crítico-interdisciplinar, com ênfase nas áreas do Direito, Estado e Sociedade e seus reflexos nos diversas ramos Jurídicos e Políticos, bem como da Sociologia, Filosofia e Relações Internacionais, de pesquisadores da UFSC e de outras instituições.

Documentos mais recentes

  • As Narrativas Pós-Modernas e o Paradigma da Eficiência: a democracia participativa na trilha dos tijolos amarelos

    O presente trabalho tem o objetivo de demonstrar como as narrativas da pós-modernidade contribuíram para a formulação de distorções no paradigma da eficiência e da democracia. No que concerne à metodologia, aplicou-se o método dedutivo, com análise bibliográfica, estudando-se o contexto teórico da pós-modernidade, a fim de compreender seus desdobramentos. Conclui-se que a democracia deve resgatar o constitucionalismo como base de legitimidade, retirando a eficiência desse papel, sob pena de enfraquecimento da própria democracia. Assim, a inovação do texto está em estabelecer a sistematização e a correlação entre pós-modernidade, eficiência e democracia deliberativa. Palavras-chave: Eficiência. Democracia. Pós-Modernidade

  • A interligação entre a Lei Anticorrupção e o Direito dos Desastres

    O artigo propõe a releitura da Lei Anticorrupção a partir da abordagem da corrupção privada. As corporações podem assumir práticas operacionais que se revelam como fonte de obstrução para a fiscalização dos órgãos reguladores. Essa vulnerabilidade jurídica contribui para a ocorrência de desastres socioambientais, como se verifica no sistema de regulação de barragens de mineração. É possível a utilização de mecanismos como o programa de integridade para combate às suas causas institucionais. O artigo adota a metodologia crítico-propositiva para sustentar o modelo de resposta normativo que propicie a redução de vulnerabilidades institucionais e a expansão dos mecanismos institucionais de mitigação de riscos de desastres. Palavras-chave: Cultura Institucional. Direito dos Desastres. Lei Anticorrupção. Programa de Integridade

  • Editorial
  • La Corte Penal Internacional y la Protección del Medio Ambiente Frente a las Actividades Empresariales

    El reconocimiento de los graves daños ambientales como crímenes internacionales en el Estatuto de Roma de la Corte Penal Internacional (CPI) no solo expande la justicia penal internacional y refuerza la protección del medio ambiente a nivel global, sino también se constituye como un mecanismo para acabar con la gran impunidad que gozan actualmente las empresas. Por ello, a partir de un análisis descriptivo y comparativo de la práctica actual y de la bibliografía relacionada con el tema, el presente artículo, por un lado, evalúa el reconocimiento de los graves y extensos daños ambientales como crímenes que activan la competencia de la CPI, como respuesta a la actual crisis ambiental, y, por otro lado, explora los cambios sustantivos que implica la inclusión de los crímenes ambientales en el Estatuto de Roma, particularmente la extensión de las competencias personales de la CPI para la investigación y el enjuiciamiento de empresas.Palabras Clave: Estatuto de Roma. Corte Penal Internacional. Medio Ambiente. Empresas

  • A Farra do Boi: humanidade, animalidade e as sensibilidades jurídicas em uma decisão judicial

    A farra do boi, como ficou conhecida a prática tradicional de algumas comunidades pesqueiras do litoral catarinense, atualmente proibida pela justiça sob alegação de maus-tratos aos animais, é um caso propício para observar os contrastes entre diferentes sensibilidades jurídicas, assim como as profundas diferenças entre o fazer antropológico e o trabalho dos julgadores. Para isso, o artigo busca se fundamentar em noções que acompanham a formação moderna do pensamento ocidental, como as classificações dicotômicas entre bárbaro e civilizado, natureza e cultura, rural e urbano, chegando à Constituição Federal e seus artigos, que garantem a proteção tanto da cultura quanto do meio ambiente. Palavras-chave: Farra do Boi. Sensibilidade Jurídica. Constituição Federal

  • As semelhanças entre a Primavera Árabe e os protestos de 2013 no Brasil

    O estudo a ser desenvolvido no decorrer do presente artigo tem por objetivo preponderante analisar a influência da Primavera Árabe sobre as manifestações ocorridas no Brasil, em 2013, que culminaram com o Impeachment da então Presidente da República. Como resultado, tem-se ainda o escopo de identificar a correlação entre as atitudes adotadas pelos manifestantes no mundo árabe e no Brasil. Metodologicamente, a pesquisa é classificada como indutiva, de caráter científico e explicativo, com abordagem qualitativa e se caracteriza como um estudo de caso observacional. O instrumento de pesquisa foi exclusivamente a análise bibliográfica. Palavras-chave: Oriente Médio e Norte da África. Primavera Árabe. Protestos de 2013 no Brasil

  • As alterações dos modelos de Gestão Estatal e uma proposta de Conceituação de Governança da Administração Pública

    O presente trabalho tem como objetivo analisar em que medida as transformações nas formas de gestão estatal e a crise do modelo de Estado moderno contribuíram para o surgimento de uma noção de governança da Administração Pública. Para tanto, utilizando-se do método indutivo e de pesquisa bibliográfica, será elaborado um retrospecto dos modos de gestão estatal, a fim de propor uma conceituação de governança da Administração Pública. Palavras-chave: Gestão Estatal. Crise do Modelo de Estado Moderno. Governança da Administração Pública

  • As soluções traçadas no Ordenamento Jurídico Português para o problema do lucro da intervenção

    A problemática que envolve a aquisição de lucros a partir da intervenção nos direitos subjetivos alheios vem recebendo, nos últimos anos, especial atenção da doutrina nacional. Assim, visando de contribuir com possíveis soluções para o ordenamento jurídico brasileiro, objetiva-se, no presente artigo, retratar outra realidade jurídica, o ordenamento jurídico português, que há quase quatro décadas vem debatendo a problemática. Para tanto, utiliza-se do método dedutivo com consulta de fontes bibliográficas primárias e secundárias. Conclui-se, ao final, que o lucro da intervenção é reconhecido pela doutrina como um produto do enriquecimento sem causa em Portugal, mas existe divergência doutrinária sobre a possibilidade de sua restituição, e o legislador no âmbito dos direitos imateriais o inseriu como hipótese no cálculo das indenizações. Palavras-chaves: Lucro da Intervenção. Enriquecimento sem Causa. Responsabilidade Civil

  • Justiça e Igualdade para todos? Representação proporcional na Bélgica e na França (1883-1921)

    Enquanto a Bélgica do século XIX é tradicionalmente enquadrada como dependente da França, essa imagem possui uma nuance diversa no que se refere ao seu sistema político. Durante o que Pierre Rosanvallon chamou de "momento proporcional" transnacional (1899-1914), a introdução da representação proporcional nas eleições parlamentares gerou um interesse francês na Bélgica como o "laboratório eleitoral da Europa". Os argumentos levantados na Câmara dos Deputados francesa foram semelhantes aos usados no Parlamento belga. O presente artigo aborda as diferenças estruturais entre o debate eleitoral nos dois Estados. Enquanto a doutrina constitucional belga se adaptou suavemente à introdução da proporcionalidade (Oscar Orban/Paul Errera) e manteve uma posição moderada próxima à posição de Hans Kelsen, a doutrina francesa foi dividida entre o parisiense Adhémar Esmein, que defendia o sistema majoritário como a base do republicanismo, e os professores locais de direito constitucional, que tinham ideias corporativistas ou eram a favor da revisão judicial (Joseph-Barthélémy, Léon Duguit). Palavras-chave: Representação Proporcional. Eleições Parlamentares. Sistema Majoritário. Revisão Judicial

  • Controle de Integridade e Administração Pública: sinergias necessárias

    O presente trabalho tem como objetivo verificar em que medida o controle de integridade, pensado a partir de modelos como o compliance, pode aprimorar os sistemas de controle interno da Administração Pública brasileira. O problema de pesquisa pretende apontar quais medidas podem ser adotadas para melhorar esses sistemas de controle. A hipótese é de que se faz necessária a adoção dos mecanismos de integridade como forma de qualificar os instrumentos de controle interno. Para isso, serão demarcados elementos conceituais da integridade na gestão, constituindo o compliance como espaço de qualificação do controle interno e da ação administrativa governativa. Palavras-chave: Administração Pública. Controle da Administração. Compliance

Documentos em destaque