• Revista Gênero & Direito

Editora:
Universidade Federal da Paraíba
Data de publicação:
2010-09-07
ISBN:
2177-0409

Descrição:

Publicação semestral do NEPGD. Reúne trabalhos de pesquisadores que investigam diferentes temáticas nas áreas da teoria feministas do direito, dos direitos das mulheres e das questões de gênero. Os trabalhos são submetidos ao crivo dos membros do Conselho Editorial e dos pareceristas escolhidos entre especialistas no tema.

Documentos mais recentes

  • O direito de existir para a sociedade: cidadania e sexualidade na luta por direitos da comunidade lgbt no Brasil

    Este artigo tem como objetivo demonstrar a luta por uma cidadania sexual, através dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT). Parte-se dos estudos sobre cidadania e dos estudos sobre a construção social da sexualidade para buscar elementos para uma cidadania sexual em construção. A forma que a sexualidade é construída e que a cidadania é alcançada são os pontos em que o artigo transpassa os dois temas. As dificuldades encontradas na construção da identidade sexual, de aceitação do grupo LGBT na sociedade levam à reivindicação dos direitos de cidadania. Por fim, trata-se aqui dos direitos LGBT e da sua recepção e garantia pelo Direito Brasileiro.

  • Em briga de marido e mulher', metemos a colher: gupos terapêuticos com mulheres em situação de vulnerabilidade e violência de gênero

    Este artigo discute questões relacionadas à violência de gênero e apresenta a proposta de intervenção de um projeto de extensão da Universidade Feevale/RS intitulado "Laços de Vida" que presta atendimento gratuito a mulheres em situação de vulnerabilidade social e que sofreram ou sofrem algum tipo de violência. O projeto objetiva promover ações preventivas de atenção à saúde mental e da expressividade humana, visando à melhoria do bemestar destas mulheres. Neste artigo, apresentamos fragmentos de relatos dos participantes dos grupos terapêuticos, realizados ao longo do desenvolvimento do projeto, que ocorre desde o ano de 2014. Concluímos que o trabalho desenvolvido nos grupos terapêuticos empodera e fortalece psiquicamente as mulheres, para que estas, através do conhecimento e apreensã...

  • Discutindo gênero e diversidade étnico racial: a inclusão a partir do design inclusivo nos livros multissensoriais

    Este artigo tem como objetivo ampliar a visibilidade da necessária discussão sobre diversidade étnico-racial e inclusão a partir do design inclusivo em livros multiformato, que se apresentam enquanto artefatos culturais, no debate educacional e interdisciplinar. Metodologicamente, trata-se de um estudo de natureza bibliográfica, de caráter qualitativo e embasa-se nos estudos propostos por Bauman (2001, 2005,2009); Castel e Quaresma da Silva (2017); Martins (2002; 2009); Cavaleiro (1999); Dias (1997); Fischer (2001); Hall (1997); Rosenberg (1996) e Scott (1995). Concluímos que o estudo sobre a diversidade étnico-racial nos livros multissensoriais de design inclusivo é um importante auxiliar no papel fundamental da formação inicial e continuada de docentes, para aqueles que vão atuar na p...

  • Direitos humanos das mulheres e interseccionalidades: a importância de uma abordagem antiracista e feminista para compreender a violência feminicida contra mulheres negras

  • O aborto na mídia: multiplicidade de práticas discursivas sobredireito e crime

    No Brasil, em agosto de 2018, o Superior Tribunal Federal convocou audiência pública para debater a descriminalização do aborto até a décima segunda semana de gestação. No mesmo período, na Argentina, mobilização política semelhante ocorreu com a votação no Senado de uma lei que descriminalizaria a prática do aborto no país. Diante das inúmeras manifestações que tais eventos suscitaram, com diferentes repercussões midiáticas, objetivamos identificar e analisar as reportagens sobre o aborto veiculadas em dois jornais de ampla circulação nacional, em suas versões online. Entre 12 de julho e 13 de agosto de 2018, realizamos uma pesquisa documental, exploratória e descritiva, de abordagem mista, nos sites da Folha de São Paulo e do El País (versão Brasil). Foram selecionadas 79 reportagens....

  • A descoberta da homosexualidade feminina na adolescência: notas sobre a aceitação e o preconceito escolar

    O presente artigo propõe-se a relatar a experiência de acompanhar os desafios em torno da descoberta da homossexualidade por uma adolescente de 16 anos. Esse acompanhamento foi realizado pelo Serviço de Psicologia de uma escola privada de um município no interior do Rio Grande do Sul. Destacase a compreensão acerca do lugar da adolescente e de suas inquietações no contexto escolar, sendo permeado por preconceitos, estigmas e intolerâncias. Ao analisar o caso, percebeu-se sua trajetória, os sofrimentos e as angústias, que foram narrados durante os atendimentos com a psicóloga. Tais atendimentos apontam para a importância da escuta no ambiente escolar, pois essa acolhida ajudou a jovem a conduzir suas descobertas com mais tranquilidade.

  • Políticas públicas de enfrentamento à violência contra mulheres e meninas no brasil recente: análise dos movimentos feministas no processo de afirmação de direitos

    O advento da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/2006) e da Lei do Feminicídio (Lei 13.104/2015) no Brasil representa um marco no processo de institucionalização das políticas de enfrentamento à violência doméstica e familiar e das ações de atendimento às mulheres atingidas. A análise da legislação brasileira, considerada referência internacional de garantia dos direitos humanos das mulheres, requer a compreensão de sua historicidade que envolve, necessariamente, a trajetória de controvérsias, lutas e mobilizações internacionais gestadas por distintos setores da sociedade civil. O presente artigo recupera, portanto, alguns dos mais importantes documentos internacionais que subsidiaram a formulação das políticas públicas brasileiras e analisa os fundamentos legais para a promoção de políticas...

  • Editorial

  • La representación social de familia en las mujeres indígenas migrantes de tabasco

    Esta investigación tiene como objetivo reflexionar sobre las representaciones sociales en un estudio de caso: . El análisis se centra particularmente en las familias de Edilia López Martínez, Ceferina Rodríguez Martínez y Martina Fernández Pérez. Las dos primeras son familia, son primas, la última sólo es parte de la misma comunidad y se sustenta en la Teoría de las Representaciones Sociales, definida en Prácticas sociales y representaciones sociales de Jean Claude Abric (2001) "[...] como una visión funcional del mundo que permite al individuo o al grupo conferir sentido a sus conductas y entender la realidad mediante sus propios sistemas de referencias y adaptar y definir de este modo un lugar para sí". D...

  • Análisis de la utilización y práctica de los micromachismos por las mujeres en México

    En el presente artículo se realiza un análisis de una más de las violencias manifestadas en la actualidad contra la mujer por razón de género; la cual se diferencia de las demás por el tipo de práctica con la que se ejerce. Esta práctica es tan normal y natural que las personas no pueden notarla. Tiene una característica muy importante en cuanto al perfil del agresor, en la mayoría de las veces es ejercida por las mismas mujeres al realizar un comentario contra alguien más de su mismo sexo. Es importante enfatizar que dicha violencia inicia entre las mismas mujeres, principalmente aprendida desde el hogar, desde el momento en que, por ejemplo, las madres realizan la repartición de las actividades hogareñas correspondientes a los hijos e hijas. Se realizó un análisis concientizado de los...

Documentos em destaque